fbpx

SÃO PAULO E OUTRAS REGIÕES:

Intervel Logotipo

PIX: Um guia completo sobre a nova forma de pagamentos

pix

O PIX é a nova forma de fazer pagamentos anunciada pelo Banco Central! Você já deve ter escutado comentários sobre a novidade, mas muitas pessoas ainda entendem o seu funcionamento na prática.

Preparamos um guia para detalhar do que se trata e esclarecer dúvidas sobre essa revolução no sistema de pagamentos nacional.

O que é o PIX? E o que essa ferramenta permite?

Desenvolvido pelo Banco Central e apresentado em fevereiro, o Pix tem a finalidade de viabilizar pagamentos instantâneos, de maneira exclusivamente digital, garantindo rapidez, custo inferior e segurança.

É uma solução alternativa a TED, DOC e boletos, idealizada para funcionar em, praticamente, todos os bancos e fintechs (empresas responsáveis por redesenhar a área de serviços financeiros com procedimentos tecnológicos) do país.

Outro diferencial é a possibilidade de realizar as transações a qualquer hora do dia, no momento da semana que for necessário. Por isso, é a opção perfeita para não perder tempo, seja quando precisa pagar algo ou, também, receber dinheiro.

Com esse serviço disponível desde novembro, o Banco Central tem a intenção de aumentar a competitividade e eficiência do mercado. Possibilitando, então, uma experiência inovadora para a população. Além disso, o PIX também pode resultar no surgimento de novos modelos de negócio!

Mas, afinal, quais os benefícios do PIX?

Considerado uma revolução tecnológica para o mercado financeiro, o PIX apresenta diversas vantagens aos clientes. Uma delas é realizar o pagamento com, apenas, um dado de quem irá receber, como número de telefone, CPF, chave aleatória ou e-mail.

Mas não é só isso! O Banco Central destaca sete pontos de benefícios: conveniência, ambiente aberto, fluxo de dados com informação agregada, disponibilidade, velocidade, segurança e diversidade de pagamentos.

Para que fique mais claro, detalharemos abaixo os diferenciais que mais chamam a atenção e irão facilitar a sua vida!

Praticidade e Segurança

Dependendo do seu ramo de negócio ou da sua necessidade, já deve ter informado dados pessoais a desconhecidos para receber o dinheiro devido. Se isso é uma preocupação diária, o PIX contribuirá e muito na sua rotina.

Com essa funcionalidade, não será mais necessário compartilhar todos os detalhes bancários e pessoais. Para que aconteça um pagamento ou uma transferência, você só precisará apresentar uma das chaves cadastradas (número de telefone, CPF ou e-mail, por exemplo)!

Agilidade

Você, com certeza, já precisou esperar um dia útil (ou mais) para efetivar uma transferência ou um pagamento. Muito comum nas transações bancárias, o prazo interfere de diferentes maneiras na saúde financeira da população.

Com o PIX, o problema foi resolvido e é mais fácil manter as contas em dia. Isso porque, independente de qual seja o seu banco (e o da outra pessoa), o tempo para compensação é de, até, dez segundos!

E tem mais: não vai importar se o processo for realizado aos finais de semana ou feriados. Você poderá enviar e receber o PIX 7 dias por semana, 24 horas por dia.

Custo Inferior

Quantas vezes repensou certas transações bancárias para evitar as taxas cobradas? Ou, então, precisou fazer as contas levando em consideração esses valores?

Nada de ter mais receio com isso: o PIX é gratuito para pessoas físicas! E para estabelecimentos e pessoas jurídicas, a ferramenta tem um custo, mas, sem dúvida, menor do que os demais meios de pagamento.

Dependendo do banco, inclusive, é possível que exista a gratuidade para os dois últimos casos. Por isso, cheque e valide a informação com a instituição financeira na qual você tem conta!

Página do Banco Central do Brasil


Leia também:

consumidor na pandemia

Internet mostra mudanças significativas com o consumidor na pandemia